O tempo é um bálsamo

balsamo

Verônica foi vista pela última vez no dia 9 de outubro. Ela lecionava Medicina na Universidade Federal. No dia do desaparecimento, ela teria jantado com uma amiga e ido para casa logo após as 21h. Na casa não havia sinais de arrombamento ou marcas de sangue. Até agora, ninguém foi preso.

Uma semana após o desaparecimento:
– Verônica certamente está bem. Ela retornará para casa nos próximos dias.

Um mês do desaparecimento:

– Verônica é uma mulher muito forte e temos certeza de que ela está viva.

 

Seis meses do desaparecimento:

– Gostaríamos ao menos de alguma informação sobre o que aconteceu com a Verônica.

 

Um ano do desaparecimento:

– Sequer tivemos a oportunidade de dizer a Verônica o quanto a amamos.

 

Dois anos do desaparecimento:

– Verônica merecia uma despedida minimamente digna.

 

Três anos do desaparecimento:

– Acreditamos que Verônica esteja em num lugar de muita luz e que receberá o melhor caminho espiritual.

 

Quatro anos do desaparecimento:

– Só o tempo alivia as dores da alma. Deus sabe o que faz.

Facebook